Conquiste um efeito lifting com a musculação

Com os exercícios certos, é possível levantar as regiões do corpo que estão flácidas, como os seios e os glúteos.

Com o envelhecimento, a perda excessiva de peso ou até mesmo a amamentação, algumas partes do corpo podem ficar flácidas e com um aspecto caído, principalmente os seios e o bumbum. Uma das maneiras de reverter esse problema é com a cirurgia plástica, mas, para quem quer uma solução mais simples, barata e natural, é possível conquistar o efeito lifting com a musculação.

Alguns exercícios trabalham os músculos que envolvem essas regiões, tonificando a musculatura e deixando tudo em cima. Esse é o chamado efeito lifting, que levanta e dá firmeza.

Como conquistar o efeito lifting

Com a prática regular da musculação pelo menos três vezes por semana, é possível conseguir um efeito lifting e combater a flacidez. Segundo a personal trainer, para isso, o praticante deve apostar nos movimentos certos. O treino deve ser planejado com exercícios que trabalhem diretamente a musculatura das regiões afetadas.

Vale lembrar que os exercícios devem ser feitos em uma academia, pois utilizam aparelhos específicos. Assim, um profissional também poderá indicar a execução correta dos movimentos e montar um treino adequado, de acordo com as características e os objetivos de cada pessoa.

Musculação ajuda deixar glúteos e seios firmes e no lugar. Foto: iStock, Getty Images

Lifting para os seios

Para levantar os seios, é preciso trabalhar a musculatura que fica em volta da região, pois as mamas são constituídas apenas por gordura e glândulas mamárias, e não de músculos que possam ser desenvolvidos. De acordo com Carine, fortalecendo peitoral, ombros e costas, os seios ficam com um aspecto mais firme, pois esse grupo ajuda a manter a sua estrutura.

– Supino reto: Pode ser feito com supino ou com halteres, esticando o aparelho para cima e descendo até a altura do peito. Os músculos trabalhados são peitoral maior, ombros e tríceps.

– Puxador frontal: Com as mãos segurando a barra numa linha um pouco mais aberta que a dos ombros, puxe-a para baixo até a altura do peito. Os músculos trabalhados são a região posterior do tórax, os ombros e o trapézio inferior.

– Remada alta: Segurando a barra com os braços retos à frente do corpo, puxe o aparelho até a altura do peito. Os músculos trabalhados são trapézio e ombros.

Lifting para os glúteos

Já para os glúteos, é possível conseguir o efeito lifting fortalecendo e tonificando a sua própria musculatura, além das regiões lombar e das coxas. Com os exercícios certos e uma prática regular, fica fácil conquistar um bumbum firme, sem celulite e flacidez.

– Três apoios com joelho flexionado: Estenda o quadril até que a coxa fique paralela ao solo e, em seguida, desça freando o peso até a posição inicial. É possível potencializar o exercício utilizando caneleiras de peso.

– Agachamento: Seja livre ou com uma barra de peso nas costas, esse movimento desenvolve a força dos músculos do glúteo e do quadríceps. Os pés devem ficam na posição certa, afastados e na linha dos ombros, descendo o quadril até “sentar” e retornar a posição em pé.

– Afundo ou passada: Com um pé mais à frente e o outro atrás, flexione o joelho da perna de trás até encostar no chão. Repita os movimentos com a outra perna.

Para potencializar o efeito lifting dos exercícios, é indicado ainda adequar a alimentação, evitando refeições ricas em gordura, açúcar e sódio, além de beber muita água para manter o corpo hidratado.

Quais são os seus segredos de beleza para ficar com tudo em cima? Conte para nós! E aproveite para conferir mais dicas de atividade física aqui.