EU VIVO A SELEÇÃO

COPA DO MUNDO, SELEÇÃO BRASILEIRA, FUTEBOL DE BASE, AO VIVO, JOGOS, ESCALAÇÕES, PALPITES ONDE A BOLA ROLA

Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu

Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu




O cinema e a cultura popular estão na programação desta semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu com a Mostra de Artes Visuais exibindo cinco curtas-metragens e o Encontro de Cultura Tradicional apresentando três grupos de música e dança populares. Nesta quinta-feira (30), às 18h, haverá exibição, no Teatro Sylvio Monteiro, dos filmes “Deus não deixa”, “Memória de quem (não) fui”, “As duas”, “Imaginários da República” e “Inimigos mortais e outras bobeiras”. Após as sessões será realizado um debate com os diretores. Já no sábado (1º), a partir das 10h, a Praça Rui Barbosa, no Centro de Nova Iguaçu, vai receber a Quadrilha Junina Carcará, a Folia de Reis Irmandade Estrela Luminosa e a Roda de Cultura Popular Dandalua. Todas as atrações do Festival de Artes são gratuitas.

A Mostra de Artes Visuais, nesta quinta-feira, destaca os talentos locais da produção cinematográfica. Dois filmes da programação são do diretor Thiago Kistenmacker. Em “Inimigos Mortais e Outras Bobeiras” dois meninos enfrentam mudanças. Já “Memória de quem (não) fui”, a sinopse descreve a morte de Marina que transforma seu passado em herança. Sua memória e o retrato de sua identidade são reféns em uma disputa pelo reconhecimento de seu gênero. “Deus não deixa”, de Marçal Vianna, conta a história de um homem que enfrenta uma turbulenta jornada de autoconhecimento. O filme foi selecionado para a mostra competitiva do festival internacional de cinema de Gramado e para a primeira fase do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O diretor Marcelo Albuquerque está na Mostra com duas produções. “As Duas” traz uma abordagem, que segundo o diretor nunca foi explorada antes no audiovisual brasileiro, sobre duas figuras históricas: Maria Leopoldina e a Marquesa de Santos. Em “Imaginários da República”, Dom Pedro I passeia pelas ruas em busca da essência da liberdade. O teatro Sylvio Monteiro, que recebe a Mostra gratuita, fica na rua Getúlio Vargas, 51, no Centro de Nova Iguaçu. Todos os filmes têm classificação indicativa de 12 anos.

No Encontro de Cultura Tradicional, neste sábado, a Quadrilha Junina Carcará, de Cabuçu, levará para o público a alegria e a beleza de suas coreografias e figurinos com 19 casais, casal mascote, padre e marcador. Em 2024, a quadrilha homenageia o cantor e compositor Dominguinhos. A Folia de Reis Irmandade Estrela Luminosa, de Vila de Cava, vai se apresentar com 25 integrantes mantendo a tradição e empunhando a bandeira da devoção aos Santos Reis. Já a Roda de Cultura Popular Dandalua tem origem nas manifestações do jongo, num estilo parecido com o jongo da Serrinha, em Madureira. O Dandalua tem 11 integrantes, todos brincantes e percussionistas, que celebram a cultura popular em Nova Iguaçu e outras cidades. As três apresentações são gratuitas e serão realizadas na Praça Rui Barbosa, no Centro de Nova Iguaçu.

O Festival de Artes de Nova Iguaçu é uma realização da Prefeitura de Nova Iguaçu através da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (FENIG) com apoio da Secretaria Municipal de Cultura (SEMCULT). Confira a programação completa em www.fenig.novaiguacu.rj.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *