EU VIVO A SELEÇÃO

COPA DO MUNDO, SELEÇÃO BRASILEIRA, FUTEBOL DE BASE, AO VIVO, JOGOS, ESCALAÇÕES, PALPITES ONDE A BOLA ROLA

Agência Minas Gerais | Governo fecha parceria com a ABF para promover o setor de franquias no estado

O Governo de Minas fechou parceria com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), prevendo a desburocratização e o fomento ao setor de franquias no estado. A assinatura do despacho governamental foi feita durante coletiva de imprensa, realizada logo após a abertura da 31ª edição da ABF Franchising Expo, na última quarta-feira (26/6), em São Paulo, feira que reúne mais de 400 marcas expositoras e é a maior do mundo para o segmento.

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, que representou o Governo de Minas no evento, o setor de franquias passa a ser ainda mais impulsionado no estado com a parceria com uma associação que tem credibilidade consolidada no mercado desde 1987.

“Com o despacho, sinalizamos o compromisso do Governo de Minas com o franchising. Por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), vinculada à  Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, vamos atuar com todo o sistema de desenvolvimento econômico, incluindo também o BDMG e a Fapemig. Temos um crescimento já acima da média nacional para o setor e queremos que mais franquias sejam abertas e que mais franqueadores venham para Minas Gerais”, explicou. 

Panorama estadual

O setor de franquias em Minas Gerais, segundo dados da ABF, apresenta resultados de destaque diante do cenário nacional. Na comparação entre o primeiro trimestre deste ano e o mesmo período do ano anterior, o franchising mineiro passou de R$ 4,4 bilhões para R$ 5,2 bilhões em faturamento, somando 18,4% de aumento. 

Entre os primeiros trimestres de 2023 e 2024, o número de unidades franqueadas em Minas saiu de 16.619 para 17.491 (5,2%). Destaque para “Alimentação (comércio e distribuição)”, com 29,7% de participação e crescimento de 60,9%, acima da média nacional (19,1%). Em termos de empregos diretos, o setor de franquias passou de 140.276 para 149.367 vagas, variando 6,5% no comparativo.

Segundo o diretor-regional da ABF Minas, Antônio Bortoletto, a criação do grupo de trabalho vai permitir que as empresas tenham um caminho facilitado, possibilitando, inclusive, a interiorização das marcas e o consequente desenvolvimento local.

“O franchising é a porta de entrada do empreendedorismo, mas não há como crescer da forma que desejamos sem o apoio do governo. Recebemos com muita alegria e expectativa que essa assinatura vá ajudar franqueados e franqueadores que desejam estar em Minas Gerais”, destaca Bortoletto.