EU VIVO A SELEÇÃO

COPA DO MUNDO, SELEÇÃO BRASILEIRA, FUTEBOL DE BASE, AO VIVO, JOGOS, ESCALAÇÕES, PALPITES ONDE A BOLA ROLA

Qual é o melhor para lavar pratos: sabão ou detergente?

É melhor lavar pratos com detergente ou sabão? Química explica.. Pixabay

Tem gente que gosta de lavar pratos com sabão, mas também tem quem prefere o detergente. Mas existe alguma diferença entre eles?

O Jornal da Paraíba conversou com a química Nathália Andrade que explicou qual produto possui uma ação desengordurante e de limpeza mais potente para lavar as louças.

De acordo com a química, a diferença de composição entre detergente e sabão é muito pequena. O sabão é basicamente um derivado de óleos e gorduras, enquanto o detergente é mais sintético e, normalmente, vem do petróleo, além de receber mais substâncias limpantes.

Andrade afirma que não há diferença entre lavar os pratos com detergente ou com um sabão mais industrializado, que também recebe adição de substâncias para melhorar a ação. O detergente só é melhor quando comparado ao sabão feito em casa de forma caseira. Porém, a maioria dos sabões não são adicionadas tantas substâncias que melhoram a limpeza, então muitas vezes o detergente acaba limpando melhor.

O sabão também acaba sendo uma melhor opção para pessoas alérgicas a substâncias colocadas no detergente para aumentar a ação de limpeza. Por isso, muita gente prefere aquele sabão de côco mais tradicional, que acaba sendo mais natural.

“O sabão tem sim ação de limpeza, tem ação desinfetante. Mas é sempre recomendado que a gente utilize aquele que é liberado pela agência sanitária, porque a gente sabe que está na concentração correta, que tem a substância correta e aquele ali garante realmente a limpeza efetiva”, afirmou.

Sabão e detergente podem ser prejudiciais à saúde?

De acordo com a química, qualquer produto de limpeza pode ser prejudicial à saúde e é necessário ter cuidados ao manuseá-los. Nathália destaca que muitos acidentes domésticos acontecem devido à mistura de substâncias para limpar a casa.

É necessário ficar atento se o lote do produto está liberado pelos órgãos reguladores e, principalmente, se já está vencido.

“Os desinfetantes têm um vencimento mais curto do que outros produtos de limpeza. Então, vencimento principalmente, e se tem o selinho de liberação da anvisa e do inmetro. Tendo essas características, estando dentro do vencimento, estando liberado pela agência de vigilância sanitária, não tem nenhum problema em consumir”, explica.

Existe diferença entre sabão em pó e em barra?

Nathália Andrade explica que a única diferença entre os dois é a apresentação, porque, quimicamente falando, é a mesma substância desinfetante. O sabão em barra é mais hidratado, quando retiram a água, o material fica frágil e se transforma em pó.

“O sabão em pó, já que ele realmente é mais feito em justa, a gente coloca outras substâncias nele para a melhoria de limpeza, mas se a gente não colocasse essas substâncias, ele seria exatamente igual ao sabão em barra, só que em outra forma de apresentação, que seria o pó”, afirma.