EU VIVO A SELEÇÃO

COPA DO MUNDO, SELEÇÃO BRASILEIRA, FUTEBOL DE BASE, AO VIVO, JOGOS, ESCALAÇÕES, PALPITES ONDE A BOLA ROLA

Saae/Sorocaba atua com tecnologia via satélite para detecção de vazamentos subterrâneos – Agência de Notícias



1 de julho de 2024

17:22

Por: Eduardo Santinon ([email protected])

Fotos: Saae/Sorocaba

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba, desde o fim de maio, vem atuando com uma tecnologia inovadora, contratada para identificação de vazamentos subterrâneos, a partir de imagens de radar, obtidas via satélite. Por meio dela, o Saae/Sorocaba identifica pontos de possíveis vazamentos de água tratada na rede de distribuição, independentemente do tipo de material, diâmetro e pressão das tubulações, assim como das características e geometria do terreno.

A solução é capaz de distinguir diferentes tipos de acúmulo de água no solo e detectar quais são resultantes de vazamentos. É uma tecnologia israelense, que foi concebida inicialmente com o objetivo de localizar água em outros planetas e que está sendo utilizada mundialmente para detecção de vazamentos não visíveis nos sistemas de abastecimento das cidades.

Ela dispõe de uma metodologia patenteada pela empresa Asterra (antiga Utillis), que dispensa a necessidade de verificação aleatória da rede de distribuição. O satélite consegue mapear o solo até a profundidade de três metros, baseada em um algoritmo que detecta a umidade do solo resultante de vazamentos de água tratada, que é aplicado à imagem obtida, e consegue rastrear a existência de água tratada no solo, em vazamentos a partir de um litro por minuto.

A partir desta detecção, o sistema gera relatórios que são disponibilizados às equipes de verificação de vazamentos, indicando os pontos de interesse, com raio de precisão de 100 metros.

Desta forma, as equipes não necessitam percorrer aleatoriamente o sistema e eles só precisam percorrer de 10% a 15% da rede onde já existem vazamentos. A tecnologia permite distinguir a água tratada da água bruta, esgoto e água do mar, sendo assertiva na detecção dos pontos de umidade no solo.

Em 2021, o produto foi homenageado com o Prêmio de Inovação da American Water Works Association (AWWA), reconhecendo-o como importante tecnologia inovadora em uso pelas maiores concessionárias de água em todo o mundo.

 

Etapas dos Serviços

A execução dos trabalhos está dividida em 5 etapas, das quais as três primeiras já foram concluídas: Obtenção da imagem de satélite, análise da imagem pelo algorítimo (IA) patenteado, emissão dos relatórios e indicação dos pontos de interesse, envio das equipes do Saae/Sorocaba à campo para avaliação de cada ponto e identificação dos vazamentos, bem como, inserção da informação no sistema.

A vigência contratual é de 12 meses e serão realizadas duas varreduras durante o contrato, com intervalo de seis meses entre elas. O período entre as varreduras e até o encerramento do contrato será de suporte técnico às equipes da autarquia na operação do sistema de gerenciamento e também acompanhamento durante a realização das manutenções com objetivo de aprimorar o sistema.

Na primeira varredura realizada, em todos os 2.200 quilômetros de rede existentes no município, foram identificados 498 pontos de interesse, que equivalem a 333 quilômetros de tubulação a serem inspecionados, sendo que as equipes do Saae/Sorocaba já visitaram cerca de 50% desse total, equivalente a 234 pontos e 172 quilômetros de redes. A estimativa é de que todos os locais sejam encerrados até o mês de setembro e, na sequência, será efetuada a segunda varredura.