EU VIVO A SELEÇÃO

COPA DO MUNDO, SELEÇÃO BRASILEIRA, FUTEBOL DE BASE, AO VIVO, JOGOS, ESCALAÇÕES, PALPITES ONDE A BOLA ROLA

Sem categoria

Paulo Henrique fala sobre vitória, Vegetti, Rafael Paiva e Philippe Coutinho

Paulo Henrique fala sobre vitória, Vegetti, Rafael Paiva e Philippe Coutinho Quinta-feira, 04/07/2024 – 11:28 Paulo Henrique tentou mais de uma vez servir o companheiro Pablo Vegetti na vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza, na quarta-feira, em São Januário. Mas o gol do argentino, o segundo do Vasco, saiu após cruzamento de Lucas Piton. O lateral-direito revelou “cobrança” ao centroavante no vestiário.

– Fico um pouco frustado quando não sai gol nem assistência. Até brinquei com o Vegetti no vestiário que não ia mais cruzar para ele, porque ele não faz gol com cruzamento meu (risos). Mas o mais importante é o coletivo, que está bem montado. Muito feliz pela vitória e pelo resultado, porque a gente mereceu – brincou Paulo Henrique.

– Para os laterais é muito importante ter um cara como ele na área. Um cara que briga o tempo todo, que disputa todas as bolas, e a gente sabe que a bola na área é uma arma muito forte da equipe. Excepcional como atleta e como pessoa. Tem nos ajudado muito e é muito querido por todos – completou PH sobre Vegetti, que foi responsável por sete finalizações contra o Fortaleza.

O vestiário do Vasco, animado com a vitória e as boas atuações, vive expectativa por um reforço de peso. Paulo Henrique destacou a chegada de Philippe Coutinho, acertado com o clube. O meia deve ser anunciado muito em breve.

– Coutinho é um cara que, não só eu, mas todos nós somos muito fãs dele como atleta. É um cara que vai acrescentar muito para nós e é claro que tenho essa expectativa, essa vontade de atuar com um cara como ele do lado.

Coutinho chega ao Vasco com outros dois crias da base: o volante Souza e o meia-atacante Alex Teixeira. Este último Paulo Henrique conhece bem, ja que atuou com ele no clube na temporada passada.

– Um grande atleta, uma grande pessoa, se tornou um grande amigo meu dentro do Vasco. Se retornar tenho certeza que vai nos ajudar muito, porque não tem a história que tem à toa, não conquistou o que conquistou à toa. Vai acrescentar muito, até por ser vascaíno, tem isso no coração dele.

Philippe Coutinho e companhia vão encontrar um Vasco bem organizado e em evolução sob o comando do técnico interino Rafael Paiva, que tem conquistado o prestígio do elenco e dos dirigentes vascaínos.

– O Paiva é um grande treinador, uma grande pessoa. Tem passado muita confiança para todos nós. Já provou que tem capacidade, que entende muito bem o jogo e que pode ser treinador do Vasco. Acho que tem sido muito importante para ele e para nós toda essa confiança no trabalho. Os resultados têm demonstrado isso. Ele fala com a gente que não podemos negociar nossa entrega em campo. O resultado é consequência do que a gente faz, e temos entendido bem – concluiu PH.

Paiva estará no comando do Vasco contra o Inter, no domingo, no Beira-Rio. O treinador vai ao Sul com desfalques: Maicon, Lucas Piton, Hugo Moura e David estão suspensos. Payet sentiu a coxa, só atuou 13 minutos contra o Fortaleza e ainda será avaliado pelos médicos.

Fonte: ge