CANO FICA NO VASCO? ATACANTE ACEITA REDUZIR SALÁRIO, MAS FAZ EXIGÊNCIA

Ambos possuem contrato se encerrando em 31 de dezembro. O argentino ficará livre no mercado. Já o brasileiro, possui vínculo com o Tombense-MG. Com Gérman Cano, o Vasco abriu negociação, enquanto Daniel Amorim segue em compasso de espera.

Nesta sexta-feira, o empresário José Constanzo, que cuida da carreira de Germán Cano, iniciou as conversas com a diretoria vascaína. O Vasco quer renovar com o atacante, desde que ele aceite uma redução salarial. O jogador até está disposto a ceder, mas tem a receber cerca de R$ 3,5 milhões sobre o contrato atual, o que acaba tornando um novo acordo um pouco mais complicado.

As demandas foram colocadas em debate e serão analisadas durante o fim de semana. A próxima rodada de negociações está marcada para a próxima segunda-feira. A expectativa é de que se chegue a uma conclusão, já que existe outros clubes interessados no atacante. Um deles é o Ceará, que monitora a situação e espera apresentar uma proposta antes mesmo do final do Campeonato Brasileiro.

Em compasso de espera

Com as atenções voltadas para Germán Cano, o Vasco ainda não tratou a situação de Daniel Amorim. O atacante está emprestado até 31 de dezembro pelo Tombense, que ainda não sabe se vai utilizar o jogador no ano que vem.

Vasco e Ricardo Gomes não chegam a um acordo e encerram negociação

O clube mineiro não vê problema em cedê-lo novamente ao Cruz-Maltino, até mesmo de forma gratuita, como foi nessa temporada e espera contato do Vasco para definir o futuro. A situação de Daniel Amorim ainda será avaliada pela nova comissão técnica vascaína. Vale lembrar que o Tombense vai disputar a Série B em 2022.

Apesar das poucas oportunidades, apenas 22 jogos, um como titular e pouco mais de 400 minutos em campo, Daniel Amorim marcou quatro gols na Série B, mostrando utilidade em diversas ocasiãos da partida.

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também:

Fonte: mrnews.com.br/index.php/2021/12/03/cano-fica-no-vasco-atacante-aceita-reduzir-salario-mas-faz-exigencia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *