Série C: Márcio Fernandes elogia postura do Paysandu no clássico com o Remo


Série C: Márcio Fernandes elogia postura do Paysandu no clássico com o Remo

A gente tem que partir do princípio que fez um grande jogo, depois de estar duas vezes atrás no placar mostramos reação e isso nos dá confiança para o próximo em casa”

Clássico entre Remo e Paysandu terminou empatado em 2 a 2

Categorias: Futebol Brasil

Por: Rivail Oliveira, 04/07/2022

Márcio Fernandes elogiou o Paysandu durante o clássico contra o Remo Márcio Fernandes elogiou o Paysandu durante o clássico contra o Remo (Foto: John Wesley/Ascom Paysandu)

Belém, PA 04 (AFI)  – Após o empate por 2 a 2 com o Remo no final de semana no Baenão, quando seu time saiu na frente duas vezes e foi busca o empate, o Paysandu celebrou o resultado. E o treinado Márcio Fernandes elogiou a postura do seu time na coletiva. Disse que seu time não desistiu em nenhum momento, mesmo sofrendo com os lances às vezes, acabam com o jogo e desestabilizam uma equipe

“Não sou eu que estou falando, os lances estão aí para mostrar. Realmente foi muita infelicidade nos dois lances, mas mesmo assim nós tivemos um poder de reação muito grande, a equipe buscou o empate a todo momento. E poderíamos até ter conseguido um resultado melhor se não fossem os erros. A gente tem que partir do princípio que fez um grande jogo, depois de estar duas vezes atrás no placar mostramos reação e isso nos dá confiança para o próximo em casa”,  disse o treinador.

Segundo Fernandes, a partir de agora a Série C vai afunilar, e equipes que estão embaixo estão jogando a vida pra que possam sair do rebaixamento.

“Isso vai proporcionar um jogo mais duro, mais difícil, mas o Paysandu está equilibrado.  Agora é dar confiança aos jogadores, o empate mostrou poder de reação muito grande”,  disse. O Bicolor paraense é o segundo colocado com 23 pontos em 13 jogos e está a três do lider Mirassol. Sábado, 19h tem no Confiança na Curuzu, em Belém, 19h

Confira também:

Fonte: www.futebolinterior.com.br/serie-c-marcio-fernandes-elogia-postura-do-paysandu-no-classico-com-o-remo